Primeiro temos a possessão comandada pelo Dragão; depois entra o Tim e os neocons acabam crucificados ; agora o euroliberal resgata a presa e sai blasfémia anti-semita .


E não há por aí alguém que chame o Grande Timoneiro para por cobro a esta pouca vergonha?!





18 comentários:

MP-S disse...

zazie, aquilo e' de morte!!! E melhora todos os dias :O)))))

Eu recordo-me vagamente da figura do Arroja na tv. Vai dai', e tinha uma fe' na versao blogosferica. Confesso : esta' a ultrapassar todas as expectativas!! :O)))

A T(o)ina ;0) ja' se esta' a passar!

MP-S disse...

E' capaz de haver uma certa ironia na linha do Banqueiro Anarquista, perdao, Liberal. :O))

Antónimo disse...

Desculpa, Zazie: o Mao não pôde (a morte não ajuda nada...) e mandou o Arnaldo. O Arnaldo não quer (as carreiras jurídicas não ajudam nada...) e mandou-me a mim. Aqui estou.

Antónimo disse...

É pá, estou preocupado contigo. Até deixei este apelo ao Dragão, lá no Boasmérdias:

""Ora, se há coisa gratificante no aparecimento do Pedro Arroja é que ele fez logo questão em mostrar que não gosta de rebanhos."?????????

Geração cool?

Ó pá, Zazie, acreditas, sinceramente (parei de ler ao centésimo quinto comentário) que o Ricardo Arroja eh o filho do possesso? O Amigo Americano, então, devia ser o Ripley...

Acode, Dragão, possuíram a Zazie".

Diz-me tu qualquer coisa, Zazie, que isto não me parece normal. (Agora vou ao Dragoscópio e está o tipo a ensinar arranjos de flores...).

zazie disse...

ahahaha mp-s eu mato-me a rir. Acho que nunca me ri tanto na blogosfera como com esta cena
":O))))

É que a prórpia ironia acaba por fazer o resto do trabalho e o liberalismo leva o mesmo fim

ahahahaha

Antónimo:
Se v. me dissesse que era filho do Grande Timoneiro eu acreditava na mesma. Acredito sempre. Se o rapaz diz que é filho do Pedro Arroja eu acredito. Qual era a diferença se não acreditasse? acaso sabia quem era?

E depois, toda a gente deve tê-lo visto na tv menos eu. Não sei nada. Mas um cavalo de Troia daqueles tem de ser tratado nas palminhas. por favor...
ninguém quer acabar já com brincadeira

ahahahahaha

Quanto à geração, como dogma é verdade que penso isso. Mesmo nos casos mais possidónios tem sempre um lado de maior irreverência que a que se seguiu.

zazie disse...

mas ó mp-s, conta-me lá como era na tv. Ando mortinha de curiosidade. É que eu vejo a coisa com possidonismo e convencimento até dizer chega.

No dia em que voltar à normalidade até já tenho ali o Serafim Saudade para fazer o anúncio.
Esta é a ideia de ficção que tenho mas até lá o que é de morte é o abanão que está a provocar no clube

Antónimo disse...

Ninguém arranja uma cassete para pôr no Google um bocadito do Arroja televisivo? Isso é que era.

(Apanhaste-me: sou filho do Grande Timoneiro).

zazie disse...

Ó Antónimo, também deixei lá este comment.

É chato se não contribui para mais farra mas é a carapuça que todos devem enfiar:

“A suprema ironia do post é tanto funciona com uma citação de um “anónimo” de cabeça feita pela agit prop neocon (o que está na imagem frente ao computador) como funcionava na mesma se o substituíssem pelas fotos de CAA, JM, restantes blasfemos, todos os insurgentes, demais Lucianos Amarais e JPP dos jornais; e por aí fora. Não fica nenhum de fora.

Todos foram atrás dos armagedões sob pena de caírem em qualquer linha negra nefasta para a causa.

Não há grande diferença entre as fantasias de um euroliberal e as outras “a sério” dos que gozam com ele.”


(é pá, se conseguires a k7 diz-me que também gostava de ver)

timshel disse...

uma coisa é certa, tenho que admitir:

os blasfémicos revelaram um verdadeiro espírito empresarial na aquisição do(s) arroja(s): os outros continuam a fazer a figura de tristes a desbobinar a cassettte das banalidades do costume mas, à conta desta special guest star,
nunca vi tanto o blasfémias como agora

se eles se estão cagando para o liberalismo e se só lhes interessa vender o seu produto/blogue (o que seria simplesmente o corolário lógico/operacional das suas teses), conseguiram-no

dragão disse...

Lá está: o povo gosta é de desastres, telenovelas, blogonovelas e outros lixos que tais.
Vamos criticar o José Eduardo Moniz mais como?... É um promontório de sapiência e sensatez.
O povo, de facto, é quem mais ordena. O povo é o mercado.
E a esquerda católica comanda o pelotão!... "Olhem para o que eu peroro, não vejam o que eu faço!..."
A vertigem da retrete. :O)

E depois, não contentes destas figuras, ainda vão lá, ao meu frugal eremitério, desinquietar-me.
'Bora lá, dizem eles, 'bora lá Dragão, 'bora lá, atirar tomates e hortaliças!
Tenham vergonha!

zazie disse...

Ahahahahah

Desculpa lá Dragão, mas o que eu gosto nesta historieta é de outra coisa: do avacalhanço da implosão. E tenho dúvidas que a maior parte se aperceba que é isso que está a acontecer- aquilo foi minado de dentro sem ser essa a intenção

“:O)))

E o teu eremitério é uma preciosidade que nem se deve divolgar a qualquer um...
.........................

Tim: mas essa boca é boa para se mandar aos puristas que acham que a sua versão do liberalismo é que é a correcta. Já a mandei ao HO- como v.s dizem, quem estabelece as regras é o mercado. Agora aguentem-se

timshel disse...

"O povo, de facto, é quem mais ordena. O povo é o mercado.
E a esquerda católica comanda o pelotão!... "Olhem para o que eu peroro, não vejam o que eu faço!..."
A vertigem da retrete."

é verdade pá

a carne é fraca

MP-S disse...

E depois, não contentes destas figuras, ainda vão lá, ao meu frugal eremitério, desinquietar-me.
'Bora lá, dizem eles, 'bora lá Dragão, 'bora lá, atirar tomates e hortaliças!
Tenham vergonha!

Nao te armes em snob o' Dragao! Foste tu que comecaste esta cegada.

Na verdade, eu tento ir la' caladinho... pra ver se nao estrago a blogonovela. :O))

Zazie, nao me lembro grande coisa.... so' tenho uma vaga ideia de um senhor um tanto empertigado e que sempre que aparecia aquilo era divertido.

zazie disse...

pois foi.Ele é que inciou a possessão e agora arma-se em snob

ahahahhaha

Pois olhem que eu ia jurar que tirando nós não há assim muito mais gente que tenha topado o avacalhamento.

mp-s, se era assim, o efeito mantem-se.

Eu admito esta minha costela um tanto bimba que se pela por carnavais e implosões. Desde a outra do nosso Primeiro em Troia que não tinhamos um desmoronamento ecológico deste género

":O)))))

zazie disse...

também andei caladinha a pensar no mesmo. É uma criancice mas todos gostamos de ver render a festa
ahahahahha

que grande maluqueira, até o Animal apareceu

beijoca, rapaz!

zazie disse...

errata: divulgar com u, que toinice a minha.

Antónimo disse...

Ó Zazie,

Eu, com a cassete na mão, aquilo ia logo para a ciberlândia, era limpinho.

Estou como tu: gosto destes carnavais. Vou para lá agora.

Caríssimo Dragão: então você pôs o homem a vomitar matéria fétida e agora vêm-lhe os melindres (outra vez) porque lhe pedem tomates e hortaliça vária? Deixe-se disso: fique pelo eremitério, ria-se à socapa, não vá à caixinha dos comentários, mas mantenha o homem possesso que já há poucas razões para rir. Não desperdicemos esta.

Antónimo disse...

Bom..

Já não tem graça, aquilo no Boasmérdias (ou não fui ao post certo...)