A maternidade que elas partilham não é uma absurda primazia da abstracção biológica.
Entende-se; já dizia a outra que a Natureza também não tem rigorosamente nada que ver com o casamento.

Ninguém se admire, que já faltou mais para a geração dos filhos do aspirador.


4 comentários:

Pedro disse...

ahahahaahahahahahaahaha

zazie disse...

alguma coisa contra a decoração de interiores, hãããããã

Pedro disse...

Eu?? Sempre fui um grande fã de cortinados umbilicais

Martim Bernardo disse...

depois deste já ouve outro caso, entre portugueses.
Neste, a criança foi obrigada à adopção pq a mãe biológica tem 15 anos.
Donde se depreende que a sanha jurídica não é pela biologia, é contra o povo ignorante mesmo, que necessita ser iluminado por quem tem 20 anos de estudo: 4 na universidada, 6 na Escola de Juízes e 3 de estágio.