What Is This Generation Coming To?

trouble... trouble…











15 comentários:

Antónimo disse...

Não tem nada que saber: mais um mann, ein richtiger mann. O verdadeiro Marlowe, também.

zazie disse...

ahahha, ó Antónimo, você agora deu em me "descobrir a careca"?
":O)))

mas nem foi por isso, foi pela letra e pela capa. Esta intervenção do Mitchum no calypso à Harry Belafonte foi deliciosa.

Antónimo disse...

E acho que tocava saxofone, ein richtiger phon von Sax. Gosto do tipo. É mais o meu tipo de nostalgia. De anti-herói e de canastrão. (Isto por comparação com o outro, o porcalhoto do Harry, já em plena "x-ploitation", já fora de época). Descupem lá, Zazie, ratolas, companhia, mais o carolo no ceguinho.
Careca nenhuma encontrei: só abundante e sedoso cabelo.

zazie disse...

Por aí estou de acordo. Também coloco o Mitchum e o que ele representou à frente do Harry. Pois é... são estas contradições que nos tramam. O Mitchum é o meu nº 1. Só que nunca o digo

";O)))

E a voz então nem se fala. Bem que tentei que votassem nele aquando do concurso da voz masculina com mais pinta.

Antónimo disse...

E onde é que vai buscar estas coisas? A Bardot no baile com o gordo, o Yves Klein (você não mo tire do ar, pelas alminhas!) com as moçoilas tintadas, o mais beat dos canastrões de Hollywood a lamentar os rockers...

Soubera eu do concurso vocal...

Antónimo disse...

E quando a RTP comprou um pacote de filmes da RCA e o passou à tarde, lá para o fim da dita... barriga cheia de série b de alta qualidade. O Arrependido, do Tourneur, acho que o descobri por aí. Com o Bob, a miúda e o puto cego (o único que sabe tudo). Ainda haverá espaço televisivo para surpresas descabidas destas?

zazie disse...

Ahaha também tenho “as minhas fontes”... e um intercâmbio bem activo... pode ficar tranquilo que em tirando daqui os vídeos permanecem no youtube.

Foi uma pena ter perdido o concurso, se calhar ganhava-o. O mais forte foi o do gajo feio com pinta. Andámos 3 dias para dar os resultados. Fui acusada de tirania e prepotência por me recusar a incluir certas pessoas na categoria de feios. O Mitchum foi um deles. Feio era um Edie Constantine, ora!
E nem sabe o que me contive para admitir a concurso um lourinho como o Robert Redford... c’um caraças, como é que uma mulher pode eleger um lourinho daqueles para gajo com pinta... há fenómenos que me ultrapassam... ehehehe

Quanto à pergunta acerca da televisão vou dar-lhe uma notícia um tanto extraterrestre mas verdadeira. É raro ver televisão. Não tenho esse hábito porque passei a infância e a toda a fase teen sem tv. Por um preconceito “ideológico” do meu pai e que hoje em dia acho que foi o melhor preconceito que ele podia ter tido. Ele defendia que as pessoas deviam ocupar mais o tempo criando que “absorvendo de forma passiva” e por isso os serões eram preenchidos com mil e uma actividades e aventuras com a miudagem do bairro mas sem tv. Só a via nas férias o que também era uma outra aventura.
Ainda hoje não consigo ficar muito tempo frente a um televisor. E durante o dia nem pensar. Acho doentio. Fico mesmo passada quando as pessoas ligam o televisor mal acordam...
Por isso não sei. Não foi por aí que os descobri.

zazie disse...

é claro que as acusações de prepotência foram no gozo mas que a coisa foi renhida e recusei muitos votos é verdade.

ahahahaha

Flávio disse...

Li há tempos que o saudoso João César Monteiro o convidou para um filme. Será verdade?

Flávio disse...

??? Estava a imaginar o Mitchum a esfregar o chão e a cantar o Bella ciao.

zazie disse...

" Estava a imaginar o Mitchum a esfregar o chão e a cantar o Bella ciao"

ahahahahahah que ideia mais macaca. Já me estragaste o Mitchum, meu malandro

ahahhahaha tu és muito doido

toma lá uma beijoca
":O)))

zazie disse...

Com aquele ar ensonado e o chapéu de detective na cabeça

Ahahahahaha que anormalidade “:O)))))

Flávio disse...

lol Não sei se seria a sequência do Bella ciao que o JCM tinha em mente para o Mitchum. Em todo o caso, seria fantástico ver que tipo de filme é que esses dois teriam feito juntos.

piscoiso disse...

Robert Charles Durman Mitchum era um canastrão que tentava emitar Bogart.

Antónimo disse...

É verdade, psicocoisa, mas que bem que lhe resultava a simulação...