Naquele jantar de família do Eraserhead, o Henry está muito embaraçado a olhar para a galinha no prato e faz uma pergunta disparatada: “como é que se trincham?”, ao que o sogro lhe responde: “just like a regular chicken”. Aí, o animal, bem morto e cozinhado, começa a espernear no prato, vertendo uns líquidos estranhos, como se estivesse possesso.
Pois, vá-se lá saber como, lembrei-me desta cena quando fui ali ao blogue “desactivado” do nosso amigo poeta-hortelão ...

2 comentários:

E.C. disse...

Ihhh, eu tive alguns pesadelos com esse filme (coisa que me faz tê-lo ainda em melhor conta). E continuo a ver conotações sexuais (bem retorcidas, com tendências de violação ou de misery fuck) aquela cena em que a mulher de henry está a tentar tirar uma mala de debaixo da cama. Aqueles movimentos copiosos, de insistência, juntamente com os gemidos que ia proferindo e ainda com o seu olhar de gazela mal ferida...enfim: mexeu com os sentidos do meu ventre. Agora junta isto, esta inopinada excitação, com o desconcerto frame em frame a que uma pessoa é submetida, e aí tens a minha opinião acerca do filme. enfim: posso dizer que gostei (do filme)

zazie disse...

para mim continua a ser a obra prima do Lynch. Uma joia de perfeição